Celesc realiza obras no Planalto Norte

 
Para melhorar a qualidade no fornecimento de energia no Planalto Norte, a Celesc está realizando duas obras – a Linha de Transmissão (LT) Canoinhas-Papanduva, com previsão de entrega em setembro, e a subestação Papanduva, para dezembro. A Empresa investe cerca de R$ 22 milhões na região.
 
No momento, 85% das etapas de construção da LT estão concluídas. O empreendimento possui 38 km de extensão com 112 estruturas, que varia de 20 a 45 metros de altura cada uma. A distância média entre uma e outra é de 340 metros. O traçado da linha de transmissão possui faixa de segurança, com 25 m de largura – sendo 12,5m para cada lado do eixo da linha, o que exige alguns cuidados especiais.
 
Estruturas Metálicas da Linha de Transmissão Canoinhas – Papanduva/Foto: Guilherme Heidtmann Pinto/Celesc
 
Os proprietários dos terrenos foram orientados a: não promover queimadas; não realizar cultivo de culturas de grande porte como, pinus e eucaliptos, nas proximidades da faixa de servidão; não subir e prender esteios nas estruturas; não construir nos limites da faixa de servidão (25 m de largura); não soltar pipas e balões; não modificar o terreno, como corte e aterros.
 
Quaisquer dessas atividades podem impactar no funcionamento da linha de transmissão, causando a interrupção do fornecimento de energia elétrica. Os proprietários de terrenos receberam uma indenização para a instalação das estruturas metálicas no traçado da linha. A Celesc espera que todos eles respeitem tais condutas de segurança.
 
Subestação Papanduva
 
A Subestação Papanduva está com 40% das obras concluídas, e a entrega do empreendimento está prevista para dezembro.  Os dois empreendimentos beneficiam diretamente os municípios de Papanduva, Major Vieira, Monte Castelo, Santa Terezinha e Itaiópolis. A região de Mafra também terá um ganho representativo, pois aliviará a carga nas subestações que atendem os municípios citados neste momento.
 
As obras, ao serem entregues, oferecem também a maior possibilidade de manejo de cargas quando ocorrer algum problema de abastecimento. Além da maior confiabilidade, a qualidade da energia elétrica – medida pelo nível de tensão – será melhorada significativamente.
 
Meio Ambiente
 
Além da fiscalização das obras, a Celesc executa a supervisão ambiental dos empreendimentos. As ações na Linha de Transmissão e subestação envolvem a comunicação social, a educação ambiental, a recuperação de áreas degradadas, a proteção da fauna silvestre, a minimização e o gerenciamento de resíduos de construção, o controle de ruídos, a simulação e cálculos de campos elétricos e magnéticos. 
 
Mais informações para a imprensa:
Ricardo Hecker Luz
Assessoria de Imprensa da Celesc
E-mail:  ricardohl@celesc.com.br
 
 
Publicado em segunda 04 de agosto de 2014, 08:01

 

Clique nas imagens para ampliar